2 de agosto de 2016

The Elder Scrolls V: Skyrim

 Olá pessoas! Hoje falarei um pouco do 5° episódio da franquia de jogos de video game The Elder Scrolls(TES), desenvolvido e publicado pela Bethesda, que se passa no norte de Tamriel conhecido como Skyrim, a terra dos nórdicos.



1 de agosto de 2016

Stranger Things

Com tantas séries novas rolando no Netflix nestes últimos tempos, confesso que fiquei um pouco cansada de maratonar. Tanto que eu ainda nem cheguei a terminar a segunda temporada de Demolidor e fico prometendo ao Gabriel que vou sim assistir esta ou aquela série, que ele já terminou há alguns milênios. Porém, eu estava esperando algo que realmente me prendesse.

Nos últimos dias, o número de memes sobre Stranger Things na minha timeline do Facebook quadruplicou, me deixando no mínimo curiosa sobre o que essa série tinha de tão especial além do aspecto oitentista. Conversando com meu digníssimo namorado, quase que eu desisti de ver a série. O trailer é tão confuso que ele entendeu que a série era de terror, e terror eu não consigo assistir nem querendo muito.

O Will me imitando quando eu estou cheia de medo dos filmes de terror.

Porém, ontem eu estava em casa, totalmente congestionada com esta gripe que tem acabado comigo há mais de uma semana e precisava de algo pra me distrair enquanto cozinhava meu magnífico jantar: um delicioso miojo de galinha caipira. Resolvi dar uma chance pra Stranger Things. Ela teria uns 5 minutos para me convencer de que era boa o bastante para eu continuar assistindo, afinal, miojos são bem rápidos de fazer.

Nos primeiros minutos, encontro uma cena que infelizmente não faz parte do meu cotidiano: 4 amigos jogando RPG. Dungeons e Dragons. E lá estava eu, embasbacada de feliz por estar vendo essas crianças jogando algo que eu, no alto dos meus 23 (quase 24) anos, nunca consegui jogar.


Depois disso, me deparo com um menino fugindo de algo que eu não tenho a menor ideia do que poderia ser. E então, finalizamos o começo da trama com o incrível mistério do menino que desapareceu sem deixar rastros, sua família e amigos preocupados, o policial com a rosquinha na mão buscando o paradeiro do menino desaparecido e uma menina estranha de cabelos raspados surgindo do além. Eu poderia muito bem parar por ali, afinal, a trama estava indo pra uma via um tanto quanto clichê. Mas eu queria saber mais.

31 de julho de 2016

DC Trailers: Esquadrão Suicida, Mulher Maravilha e Liga da Justiça

É, meus amigos. 2016, o ano mágico com milhares de filmes maravilhosos para assistir já chegou na metade. De todos os filmes que prometi ver no cinema, boa parte não consegui acompanhar. Mas cá estamos, já ansiosos para os filmes que prometem esquentar 2017.


Mas antes, vamos ao próximo lançamento, Esquadrão Suicida, que está saindo do forno agora em agosto (comemorando meu aniversário!!). Com a San Diego Comic Con rolando, conseguimos ter uma preciosa prévia do que está por vir. Nos primeiros dois trailers (majestosos, com uma trilha sonora que eu nem preciso comentar aqui), fomos apresentados ao grupo de vilões que serão obrigados a dar uma de mocinhos (ou bodes expiatórios) em uma missão para o "governo". Mas na realidade (e eu tenho agradecido imensamente por isso) os trailers falaram pouco, guardando finalmente o suspense pra sala de cinema.

4 de junho de 2016

Flash 1ª Temporada

Olá. Bom dia/tarde/noite para todos! Hoje falarei sobre a série de tv Flash sobre o homem mais rápido do mundo, ou o segundo, que pode ser o terceiro mais rápido.... ou não.


  Esta é uma série americana que estreou em outubro de 2014 e é exibida até hoje encontrando-se em sua terceira temporada, no canal CW. Nesta postagem entretanto falarei apenas sobre a primeira temporada da série, e como de costume sem spoilers! Então relaxa aí e conheça esta série de sucesso.

29 de março de 2016

BatmanVSuperman e a predisposição à Amor ou Ódio

Sábado, 21h. Shopping Via Parque. Começa a batalha enciumada entre o óculos 3D e meu óculos de grau, onde ambos querem o mesmo lugar mas somente me servirão se trabalharem juntos. Poltronas reclináveis automáticas, passo tempo demais transformando a cadeira em cama e vice-versa, maturidade de menos.

O telão acende. A ansiedade começa. Mas então seguem-se dois clipes propaganda de empresas de propaganda (metapropaganda), a animaçãozinha de praxe para o "desligue o celular" e "não fume", trailer de "Capitão América: Guerra Civil", trailer de "Esquadrão Suicida", trailer de "Invasão à Londres" e por último, uma propaganda da Jeep. Pra então... BOOM! Começa o filme.

 


BatmanVSuperman: o MELHOR

Se inspirado no Cavaleiro das Trevas, o PeixeComSales expôs o PIOR de BatmanVSuperman, é sob a tutela do Bastião da Verdade, Justiça e do “Jeitinho americano" que o PeixeComSales vai trazer o MELHOR de BatmanVSuperman.

BatmanVSuperman: o PIOR

Tal qual o Cavaleiro das Trevas, devo ser impiedoso para com os pecados do devido meliante e purificar sua consciência pesada com sequências desalmadas de soco atrás de soco atrás de soco. Bem vindos, senhoras e senhores, à crítica/desabafo do que de pior aconteceu em “BatmanVSuperman: a Origem da Justiça.

23 de março de 2016

Tamanho não importa!!

Histórias de menininha para gente grande

Recentemente ganhei do meu pai o box de livros tamanho não importa, escrito pela Meg Cabot. Nele temos os livros que compõem a série Mistérios de Heather Wells.

Série Mistérios de Heather Wells


Entrevista com Jon Bernthal, o mais novo Justiceiro e o último de que vamos precisar.

Fala, galera

Pegando carona no HypeTrain da segunda temporada de Daredevil da Netflix, o PeixeComSales vai lançar uma seleção de artigos sobre essa obra-prima da nova programação da TV.  Vamos começar agora com um mergulho na mente de Jon Bernthal aka. O Novo Justiceiro.


4 de março de 2016

Daniel Craig - o 007 com sentimentos

Em 2015 foi lançado o último capítulo de Daniel Craig como 007. "007 Contra Spectre" é um filme que visa terminar a história que começou a ser contada em Cassino Royale, mas que só eu não tinha percebido que eram filmes relacionados.


Sobre filmes de menininha (e como tenho sentido falta deles no cinema atual)



Nos anos 2000, eu vivi a era de ouro dos filmes de menininha. Tendo como representantes as principais estrelas da TV, algumas da Disney, outras simplesmente surgindo por aí, posso dizer que tive uma adolescência feliz aproveitando o que há de melhor nas comédias românticas. 

Sabrina, a bruxinha mais viajada do mundo.

Desde o final da década de 1990, com o advento dos maravilhosos filmes estrelados por Alicia Silverstone (As Patricinhas de Beverly Hills) e Melissa Joan Hart (a inesquecível bruxinha Sabrina e suas aventuras por Roma, Austrália e por aí vai...), eu fui apresentada aos filmes de menininha, onde o objetivo principal era se apaixonar, ser feliz, ser a rainha do baile, viajar com as amigas e passar de ano no ensino médio.


O Fabuloso Destino de Amelie Poulain: o filme que eu vi sem ver

Em algum momento nos últimos 4 anos, assisti Amélie Poulain e suas desventuras. Ao menos pensei ter assistido. No último domingo, de bobeira após comemorar o aniversário da minha mãe, estava na hora de relaxar e ver uma boa comédia romântica. E então Amélie Poulain volta a minha vida, como uma das belas indicações de comédias românticas que o Netflix me faz.

Para sempre Alice

Eu tenho um certo problema com doenças em geral. Quem não tem? Eu morro de medo de chegar ao fim da vida e não ter a capacidade de continuar fazendo tudo que eu posso fazer tranquilamente hoje em dia. Por isso tento, na medida do possível, tentar ajudar o meu corpo a me ajudar no futuro.

Mas quando a doença chega, não temos muito como fugir. Principalmente quando ela é fruto de um habito que temos em nosso dia a dia. Pode ser beber demais, comer demais, não se exercitar, se expor a algum fator ambiental que possa te trazer danos futuramente. Ou apenas um gene em seu DNA.

O último ponto é o que acomete nossa personagem em "Para sempre Alice". Uma linguísta renomada, professora da Universidade Columbia, chefe do departamento de pesquisa na área em que atua. Quem imaginaria que esta mesma mulher, tão bem sucedida poderia desenvolver Mal de Alzhaimer tão brevemente, aos 50 anos?


29 de fevereiro de 2016

House of Cards

Olá humanos! De volta do hiato/limbo que se chama vida universitária, estou aqui novamente para falar de uma série que conquistou minha total atenção e interesse. Relaxem que não teremos spoilers.

Ou como eu gosto de chamar com voz de narrador da sessão da tarde: "Castelo de Cartas"

Sim! Esta série viciante, explícita, violenta, descarada, dramática e maravilhosa!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...